Vendas à vista

seg, 12 setembro , 2011

Indústrias investem no mercado de sabonetes antibacterianos. Expectativa é de crescimento nas vendas nos próximos anos

i237951

O mercado de sabonetes antibacterianos ganha novos concorrentes e promete aquecer a venda da categoria. Segundo dados Nielsen, o mercado de sabonetes no Brasil fatura R$ 2,4 bilhões e cresceu 17% de 2008 para 2009. Esse crescimento foi impulsionado, primeiro, pelo segmento de sabonetes líquidos, que registrou uma participação superior a 20%, seguido pelo segmento de antibacterianos, que chegou a 12,7% de participação. Globalmente, esse mercado representa 30% do total da categoria, índice que demonstra que o mercado brasileiro tem tudo para ser maior. Até o início deste ano, a marca Protex, da Colgate, dominava, praticamente sozinha, a categoria.

A primeira empresa a anunciar a entrada no segmento foi a Reckitt Benckiser, que trouxe para o País sua marca Dettol, uma linha de sabonetes antibacterianos responsável por 30% do crescimento global da empresa. Com um investimento de R$ 40 milhões em marketing, a empresa tem uma estratégia agressiva para expandir essa fatia do mercado. “Nossa intenção é levar consumidores de sabonetes comuns a aderir aos sabonetes antibacterianos, com a perspectiva de dobrar o tamanho deste segmento em cinco anos”, explica Bruna Fausto, gerente de marketing da linha Dettol.

Logo em seguida, foi vez da Unilever anunciar seu lançamento no Brasil. A empresa trouxe uma das suas marcas mais antigas para o mercado nacional: o sabonete antibacteriano Lifebuoy. A marca terá como compromisso conscientizar as pessoas sobre a importância de lavar as mãos com água e sabonete para obter uma vida mais saudável. “Para o sucesso da marca no Brasil, é preciso desenvolver a categoria. E isso passa, necessariamente, por uma mudança de hábito. Vamos desenvolver o mercado por meio do driver de mudança de comportamento”, explica Eduardo Luz, vice-presidente de cuidados pessoais da Unilever.

A Razzo também anunciou a sua entrada nesse mercado. Com o lançamento Shutterstockdo sabonete antibacteriano Livy Bactex, a empresa espera consolidar sua participação no mercado de higiene pessoal. Para Gustavo Razzo, diretor da empresa, o crescimento da categoria ganhou destaque no último ano devido à pandemia da gripe H1N1. “Mas não acredito que esse seja um mercado sazonal. É uma questão de hábito. Com novas opções no mercado, a shopper irá perceber que poderá agregar valor para toda sua família ao optar por um sabonete que, além de hidratar, também protege”, acredita Gustavo Razzo. Na opinião do diretor da empresa, a expectativa com a chegada de novos players é que o segmento de sabonetes antibacterianos atinja 20% do total da categoria.

Dicas para alavancar as vendas da categoria
• Exponha o produto na gôndola de forma clara, diferenciando-o dos demais tipos de sabonetes.
• Implemente materiais de cross displays em segmentos correlatos, como gel antisséptico junto à gôndola de fraldas e também na área de baby care.
• Aproveite as ações propostas pela indústria, como material de merchandising.

Anote na Agenda
• Colgate www.colgate.com.br
• Nielsen http://br.nielsen.com
• Razzo www.razzo.com.br
• Reckitt Benckiser www.rb.com/br
• Unilever www.unilever.com.br

{jathumbnail off}