O diferencial de uma boa atuação

seg, 2 outubro , 2017

O comodismo pode ser um processo bastante arriscado, especialmente no varejo, setor que se caracteriza pela necessidade constante de inovação e dinamismo

Há uma frase muito usada nos treinamentos das empresas, com algumas adaptações à finalidade em que está sendo empregada, atribuída ao pensador Anthony Hobbins, e que diz o seguinte: “Se você continuar a fazer o que sempre fez, vai continuar a conseguir o que sempre conseguiu”.

Existe um fundo de verdade muito grande nisso, podendo significar uma acomodação ao “modus operandi” que, inconscientemente, todos tendemos a fazer. É o famoso “em time que está ganhando não se mexe”, que os “Papas” da economia já questionam.

O mercado em que operamos é tremendamente dinâmico, tanto em termos de produtos quanto, e principalmente, em relação aos seus concorrentes. Assim, se não andar na frente dos acontecimentos, você, certamente, vai perder o que já havia conseguido.

Por essa razão, você deve procurar sempre inovar, isto é, fazer a mesma coisa de forma diferente, agregando valor à atividade, ou fazer o que nunca tinha feito antes. Com essas atitudes assertivas, você irá surpreender seus clientes, que é a forma mais inteligente de cativá-los.

Assim, procure analisar todas as atividades do dia a dia da loja, das mais simples às mais sofisticadas. Veja o que pode ser feito para melhorá-las e reúna-se com seus colaboradores, que lhe darão bastante dicas para esse trabalho. Consulte alguns clientes que podem lhe dar subsídios importantes nessa empreitada. Enfim, junte todas as ferramentas para tomar as decisões corretas.

E aí parta para as ações: planeje um calendário de promoções diferente do que tem feito, utilize métodos diferentes de divulgação, lembrando que cada vez mais as mídias eletrônicas estão fazendo parte dos negócios das empresas.

Mude, para melhor, algumas coisas em sua loja, que a tornem um lugar ainda mais atrativo para seus clientes, renove o mix, mantendo-o atualizado, na vanguarda do mercado. Enfim, faça com que seu cliente sinta a diferença.

Ainda mais importante que isso, é mudar o espírito, por que as atividades de mudanças e inovações são contínuas e devem fazer parte das suas rotinas de trabalho daqui para frente. Assim, sempre que pensar em inovar alguma coisa, se puder, pense também no passo seguinte, isto é, o que pode ser feito na mudança seguinte.

Ou seja, esteja sempre preparado para inovar e surpreender seu cliente. Fazendo diferente, e você sabe fazê-lo, você fará a diferença.

Lembre-se, sempre: se você plantar tomates, com certeza não poderá ter uma colheita de beterrabas.

Boas vendas!