Mercado financeiro mais confiante

qua, 13 setembro , 2017

Alta do PIB melhorou impressão de profissionais

Após a divulgação do resultado do Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre de 2017, com nova alta, os economistas do mercado financeiro elevaram novamente sua estimativa para o crescimento da economia e passaram a prever comportamento melhor da inflação.

As expectativas foram coletadas pelo Banco Central na e divulgadas por meio do relatório de mercado, também conhecido como Focus. Segundo o levantamento, a inflação deste ano deve ficar, na média, em 3,38%.

A nova previsão mantém a inflação abaixo da meta central para o ano, que é de 4,5%. A meta de inflação é fixada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) e deve ser buscada pelo Banco Central, que para alcançá-la, eleva ou reduz a taxa básica de juros da economia (Selic).

Para 2018, a previsão do mercado financeiro para a inflação diminuiu de 4,20% para 4,18% na última semana. O índice segue abaixo da meta central (que também é de 4,5%) e do teto de 6% fixado para o período.

Fonte: ESPM

Foto: Shutterstock