Brasil tem maior alta no consumo

ter, 31 maio , 2011

noticias-alta-dec.jpg

GETTY IMAGES

Venda de itens de HPC aquece economia

 

O varejo de produtos de beleza e cuidados pessoais vendeu US$ 37,4 bilhões em mercadorias no Brasil no ano passado – quase US$ 9 bilhões acima do ano anterior, revela pesquisa da Euromonitor International.
Segundo informações do Valor Econômico, o País registrou a maior taxa de crescimento no mundo – alta de 30% em relação a 2009 – e a soma de cerca de US$ 9 bilhões é a maior entre os cinco países líderes em vendas.
Para efeito de comparação, esse montante equivale à metade da receita do setor na Alemanha, o quinto país que mais vende cosméticos e itens de cuidados pessoais. Essa escalada nas vendas têm levado grandes multinacionais do setor a anunciar planos no Brasil.
De acordo com a Euromonitor, “a forte performance de vendas nos produtos para a massa [da população] tem sustentando os resultados no mundo”, explicou Irina Barbalova, chefe de análise desse segmento da consultoria, em evento sobre o setor realizado em março. Dados da Kantar Wordpanel sobre a indústria no País reforçam essa constatação.
Pesquisa da consultoria mostra que a classe C, com mais de 100 milhões de consumidores no Brasil, tem puxado a expansão do mercado.  De janeiro a março de 2011, a classe C registrou um aumento no valor comprado de 22% na cesta de itens de beleza e higiene pessoal, segundo a Kantar. Na classe A, a alta foi de 17%.

Tags: