De olho no calendário

qua, 7 fevereiro , 2018

pdv - De olho no calendárioDatas comemorativas são oportunidades para o varejo alavancar venda de categorias, como produtos de beleza e perfumaria. Mas para alcançar resultados, é preciso planejar todas as ações

O calendário de datas comemorativas é bastante generoso no Brasil, tanto em quantidade como em diversidade. Além das mais conhecidas, como o Dia das Mães, dos Pais, dos Namorados, das Crianças, entre outros, há datas curiosas como o Dia Internacional do Riso (18 de janeiro), Dia do Orgulho Nerd (25 de maio) e até o Dia do Blog (31 de agosto), além do Dia do Cliente, comemorado em 15 de setembro. São apenas números na “folhinha”? Não! São oportunidades.

O calendário é uma poderosa ferramenta para que o varejo execute campanhas de acordo com a disponibilidade e perfil de loja e público. Para a diretora de conteúdo da Academia de Varejo e diretora vogal do Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (Ibevar), Patricia Cotti, o calendário promocional ajuda a desenvolver um plano de marketing mais consistente, de acordo com a realidade do mercado e a sazonalidade de cada categoria.

“Esse calendário deve estar atrelado ao planejamento de vendas e compras da empresa, de maneira a garantir a eficiência de toda a operação”, diz. Segundo Patricia, ao pensar no calendário, o varejista deve considerar tanto a sazonalidade do varejo como um todo, como também a sazonalidade de cada uma das categorias de seu negócio, de maneira a otimizar as vendas.

“Eventos fora do calendário promocional também devem ser considerados, como shows, feiras e outros que possam atrair o público-alvo e gerar interesse”, orienta e completa: “É muito comum que o varejista pense no calendário promocional somente considerando Natal, Dia das Mães, Black Friday, Dia das Crianças, Dia dos Pais, etc. Outras oportunidades de mercado devem ser identificadas para que se saia do comum”.

A importância do planejamento

Para aumentar o tráfego de clientes na loja e, consequentemente, as vendas, tendo como base as campanhas promocionais e sazonais, não basta ter o calendário à mão. É preciso planejar as ações e também selecionar as datas mais interessantes para o ponto de venda (PDV). Para isso, devem-se levar em consideração critérios, como as características da loja, região de atuação, a concorrência que enfrenta e o mais importante de tudo, o perfil dos consumidores.

“É fundamental também alinhar o calendário promocional com os fornecedores com bastante antecedência, até porque, certamente, haverá algum tipo de negociação, verba ou bonificação”, fala o head de Eficiência Operacional da AGR Consultores, Rodrigo Catani.

Para ele, outro aspecto que não pode ser minimizado, é que o calendário promocional precisa ser discutido e alinhado com o pessoal de operação das lojas, pois lá é onde tudo vai acontecer.

“Já vi promoções maravilhosas serem criadas no escritório e que tiveram resultados péssimos simplesmente porque as lojas não estavam ‘compradas’, não se prepararam adequadamente para o evento”, alerta.

Explore as datas comemorativas (e curiosas) no Brasil

JANEIRO

1 – Ano-Novo 6 – Dia de Reis/Dia da Gratidão

7 – Dia do Leitor

8 – Dia do Fotógrafo

15 – Dia do Adulto

18 – Dia da Esteticista

19 – Dia do Cabeleireiro

20 – Dia do Farmacêutico

25 – Aniversário de São Paulo/Dia do Carteiro

30 – Dia da Saudade/Dia do Padrinho

FEVEREIRO

1 – Dia do Publicitário

4 – Dia do Amigo do Facebook

7 – Dia do Gráfico

10 – Dia do Atleta Profissional

11 – Dia do Zelador

13 – Carnaval

16 – Dia do Repórter

19 – Dia do Esportista

21 – Dia do Imigrante Italiano

28 – Dia da Ressaca

MARÇO

1 – Aniversário do Rio de Janeiro

5 – Dia do Filatelista Brasileiro

7 – Dia do Fuzileiro Naval

8 – Dia Internacional da Mulher

9 – Dia Mundial do DJ

10 – Dia do Sogro

12 – Dia do Bibliotecário

15 – Dia Mundial do Consumidor

19 – Dia do Carpinteiro e do Marceneiro

20 – Dia Internacional da Felicidade

30 – Sexta-Feira da Paixão

ABRIL

1 – Páscoa/Dia da Mentira

2 – Dia do Propagandista

7 – Dia do Corretor/Dia do Jornalista

8 – Dia da Natação

12 – Dia do Obstetra

13 – Dia do Office-Boy/Dia do Beijo

18 – Dia do Amigo

21 – Tiradentes

23 – Dia do Torcedor Corinthiano

24 – Dia do Agente de Viagem

27 – Dia da Empregada Doméstica/Dia Mundial do Design Gráfico

28 – Dia da Sogra

MAIO

1 – Dia do Trabalhador

4 – Dia de Star Wars

8 – Dia do Profissional de Marketing/Dia do Artista Plástico

10 – Dia do Guia de Turismo/Dia da Cozinheira

12 – Dia Internacional da Enfermagem e do Enfermeiro

13 – Dia das Mães/Dia Nacional do Chefe de Cozinha

20 – Dia do Pedagogo/Dia Nacional do Técnico e Auxiliar de Enfermagem

21 – Dia do Afilhado

25 – Dia do Orgulho Geek/Dia da Costureira

JUNHO

9 – Dia do Porteiro

14 – Dia Mundial do Doador de Sangue/Dia da Manicure

18 – Dia da Imigração Japonesa

20 – Dia do Revendedor/Dia do Vigilante

28 – Dia Internacional do Orgulho Gay

29 – Dia do Telefonista

JULHO

7 – Dia Mundial do Chocolate

13 – Dia Mundial do Rock

15 – Dia do Homem

16 – Dia do Comerciante

20 – Dia do Amigo e Internacional da Amizade

26 – Dia dos Avós

AGOSTO

4 – Dia do Padre

11 – Dia do Advogado/Dia do Estudante

12 – Dia dos Pais

15 – Dia dos Solteiros

SETEMBRO

6 – Dia do Irmão/Dia do Sexo

7 – Dia da Independência do Brasil

15 – Dia do Cliente

21 – Dia do Adolescente

23 – Dia dos Filhos

26 – Dia dos Primos

30 – Dia da Secretária

OUTUBRO

1 – Dia do Vendedor

8 – Dia do Nordestino

12 – Dia das Crianças

15 – Dia do Professor

30 – Dia do Comerciário

31 – Dia das Bruxas/Dia da Dona de Casa

NOVEMBRO

12 – Dia do Diretor de Escola

19 – Dia Internacional do Homem

25 – Dia da Madrinha

DEZEMBRO

4 – Dia do Pedicuro

8 – Dia da Família

23 – Dia do Vizinho

25 – Natal

 

Na prática

Categorias de produtos presenteáveis, principalmente itens de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (HPC), são o foco principal das ações. Cestas de produtos, kits, combos, embalagens especiais produzidas na própria loja. Além disso, também podem potencializar as vendas dessa cesta, a ambientação da loja (comunicação e decoração), o sorteio de brindes, além das ofertas especiais.

“Outras experiências, como criar espaços no meio da loja com destaque para os produtos que o PDV irá trabalhar naquela campanha, desenvolver ações de relacionamento e fidelização e atividades gratuitas na loja como experimentação também geram resultados. O ideal é pensar em tudo que faça com que a experiência de compra seja diferente e compensadora”, indica a sócia diretora da Blue Numbers, consultoria especializada em Varejo e Pequenas e Médias Empresas, Camila Pacheco.

No Natal, Dia das Mães e dos Pais, por exemplo, podem ser realizadas ações com kits presenteáveis, como perfumes e cremes, maquiagem e linha de manicure, além de creme para barbear e pós-barba.

“Esses combos podem agregar outros itens do mix, como secador, barbeador, espelhos, etc. Já no Dia das Crianças, vale a pena investir em ações que unam os itens de higiene e cuidados com produtos licenciados, com personagens, e até realizar um concurso cultural para presentear os pequenos com brinquedos”, orienta a fundadora da Social Lounge e especialista em marketing digital, Mônica Lobenschuss, acrescentando que em datas como o Dia dos Namorados, a venda de determinados produtos pode ser acompanhada de uma embalagem especial e também pode ser realizado sorteio para jantares, viagens, entre outros.

Foto: Shutterstock