Crescimento na adversidade

dom, 13 dezembro , 2015

sucessos-janHá 12 anos, a empresa era uma discreta casa de carnes. Hoje, é um Supermercado com 900 m2 só de loja. Conheça a história do empreendedor Luiz Joel Kosvoski, de Santo Antônio da Patrulha, no Rio Grande do Sul

Investir num novo negócio diante de um cenário de crise é algo raro e que exige muita coragem do empreendedor. Mas foi exatamente o que fez Luiz Joel Kosvoski, ao inaugurar, no ano passado, o Supermercado Compre Bem, na cidade de Santo Antônio da Patrulha, município do Rio Grande do Sul, localizado a 76 km de Porto Alegre. Kosvoski é a prova mais concreta de que investir e não esmorecer na hora das adversidades é o melhor caminho para qualquer negócio, se tornando uma oportunidade de crescimento.

Essa história de superação começou bastante discreta, quando o empresário, que administrava uma pequena casa de carnes, resolveu usar seu tino para o varejo num negócio maior. Foi então que comprou um supermercado de vizinhança em andamento, na cidade de Santo Antônio da Patrulha. Mas, apesar dos negócios estarem fluindo bem, Kosvoski e sua esposa e também sócia Rosane da Costa Kosvoski queriam expandir (o espaço físico da loja não comportava mais crescimento) e oferecer algo diferenciado na região. E essa chance de expansão estava mais próxima do que se imaginava. “Compramos um terreno bem na frente do nosso antigo supermercado e, lá, idealizamos a construção de uma loja no mesmo segmento, mas de maior porte e num espaço que fosse nosso”, conta. E assim o fez.

A loja antiga, de 300 m2, foi então substituída por uma completamente nova, com 900 m2 somente de área de vendas, sete checkouts e 22 funcionários que, juntos, deram uma nova cara para o Supermercado Compre Bem. E apesar de ser uma região com comércio bastante aquecido, com concorrentes de igual porte ou grandes redes, nada impediu esse momento de superação.

“Hoje, temos um espaço agradável para as compras, com estacionamento, além de termos conseguido fortalecer o nosso sortimento de produtos, trazendo novas opções aos consumidores”, afirma Kosvoski. A ampliação também fez com que o Compre Bem ganhasse novos clientes. “No outro estabelecimento, percebia que os clientes pertenciam a uma classe social mais baixa. Mas agora, com a expansão, além dos clientes antigos, consegui agregar outros, com poder aquisitivo maior. Isso fez com que pudesse passar a oferecer produtos diferenciados no mix, com mais marcas, inclusive as top de linha”, conta o empreendedor.

E, hoje, acumulando ao todo 27 anos de experiência na área do varejo, esse empreendedor diz que, além dessa oportunidade de expansão, outra chave para o sucesso é estar sempre próximo aos seus clientes, estabelecendo uma relação de confiança. “Estou diariamente na loja e, junto com a minha esposa e minha filha, que também trabalha aqui, estabeleci uma relação muito próxima com meus consumidores, que cumprimento e, muitos, chamo pelo nome. Isso faz toda a diferença”, avalia, acrescentando que, para melhorar a experiência e satisfação dos seus clientes, também oferece entregas em domicílio e compras parceladas.

Diante de todo esse esforço (que incluiu tocar uma loja enquanto a outra estava em construção) não podia ser diferente. Os resultados foram apenas uma consequência. “Nossas vendas dobraram. Só não crescemos mais por conta da crise econômica que atravessa todo o Brasil”, diz o empreendedor. “Por enquanto, minha meta futura, até mesmo por conta das adversidades do País, é estar à frente da minha loja e fortalecê-la para que o Compre Bem seja cada vez mais conhecido na região”, finaliza.